(61) 99502-7182 [email protected]

Se você possui uma indústria ou uma empresa atua com máquinas e equipamentos, provavelmente você deve saber que a manutenção faz parte das atividades do dia a dia. 

Isso porque é a manutenção preventiva que garante que os equipamentos funcionem da forma adequada e não prejudique a organização a não entregar seus produtos no prazo certo e com boa qualidade.

Milhares de empresas estão prezando cada vez mais pelas manutenções, em razão das suas inúmeras vantagens. 

Além disso, existem diversos tipos de manutenção além da manutenção preventiva, que vamos detalhar mais ao longo do post.

Quer saber o que é a manutenção preventiva, quais os seus tipos e qual sua lista de vantagens? Então nós iremos esclarecer a você nesse post, continue lendo!

O que é manutenção preventiva?

A manutenção preventiva, como o próprio nome já diz, consiste no processo de verificar se uma máquina, equipamento, ferramenta, entre outro, está funcionando da maneira adequada, com o intuito de prevenir possíveis falhas. 

De outra forma, a manutenção preventiva pode evitar possíveis desvios no funcionamento das máquinas, oriundos da falta de uma verificação periódica, como o excesso de sujeira, má utilização da máquina, dentre outros. 

Além disso, uma das vantagens dessa manutenção é que o contratante pode alcançar mais controle no monitoramento do equipamento.

Também é importante ressaltar que o equipamento não precisa necessariamente estar danificado para passar por esse tipo de manutenção.

Em outras circunstâncias, como vamos ver no próximo tópico, as manutenções podem variar de acordo com a situação das máquinas.

Veja abaixo!

Tipos de manutenção 

Atualmente, um equipamento que necessite passar por manutenção deve seguir um ou mais parâmetros. Veja mais sobre eles abaixo:

1- Manutenção preventiva: Como já mencionamos no post, a manutenção preventiva possui como objetivo prevenir que possíveis falhas aconteçam.

2- Manutenção corretiva: Nesse caso, o equipamento já está danificado e precisa de reparos a curto prazo.

Lembre-se: Um equipamento estagnado pode gerar custos severos e um aumento na velocidade de sua depreciação. Por isso, mantenha sempre suas máquinas e equipamentos em funcionamento!

3- Manutenção preditiva: Se trata do monitoramento dos equipamentos para análise metodológica. Desse modo, é possível que as máquinas e equipamentos consigam ter um resultado acima do esperado.

4-  Manutenção produtiva total: Esse tipo de manutenção não se relaciona apenas com a manutenção dos equipamentos, mas sim, tenta conduzir todos os colaboradores a valorizarem e cuidarem dos equipamentos da forma adequada.

Afinal, funcionários que prezam por seus equipamentos geram valor e qualidade para a indústria!

Vantagens da manutenção preventiva

Agora que você já sabe o que é a manutenção preventiva e quais são os outros tipos de manutenção, veja agora as maiores vantagens e porquê você deve apostar nela em sua empresa:

Mais economia

A primeira vantagem da manutenção preventiva é que os custos para essa manutenção, muita das vezes, são muito mais baratos do que para realizar a manutenção corretiva nos equipamentos.

Se você possui uma empresa que fabrica película de controle solar, um equipamento quebrado não gera apenas custos, como também atrasa a fabricação do produto e prejudica a sua qualidade.

Ou seja, um equipamento danificado pode acarretar em mais prejuízo para o empreendedor, do que um equipamento que passa por manutenções preventivas e não é danificado!

Estar regularizado nas normas de segurança do trabalho

Outra vantagem é que, por meio da manutenção preventiva, você também pode evitar que possíveis acidentes no trabalho aconteçam, como o risco de um funcionário se machucar devido a ineficiência do equipamento.

Algumas normas da legislação exigem que a organização esteja regularizada em sua segurança do trabalho por meio das manutenções preventivas.

Empresas que atuam com estação de tratamento de água ou circuito impresso, por exemplo, necessitam da manutenção em suas máquinas e equipamentos para garantir a segurança de todos os colaboradores!

Evitar perdas maiores

Com a manutenção preventiva, é possível evitar perdas maiores em seus equipamentos. A diferença entre a manutenção preventiva e a manutenção corretiva é que, algumas vezes, a manutenção corretiva não permite que o equipamento volte ao seu funcionamento adequado.

Por essa razão, a manutenção preventiva é essencial para manter a qualidade e as linhas de produção em seu desempenho adequado.

Mais confiabilidade

Por fim, a manutenção preventiva também garante mais confiabilidade por parte dos clientes!

Especialmente para as empresas que atuam no ramo B2B (business to business), onde os clientes dessas organizações também são empresas, a manutenção permite que nenhum dos lados sofram prejuízos e possam alcançar seus objetivos!

Faça a manutenção preventiva e tenha sucesso

Ao longo deste post, vimos que a manutenção preventiva é essencial para que uma empresa e seus colaboradores possam realizar suas atividades sem impedimentos e dentro das legislações.

Isso, pois essa manutenção tem como objetivo prevenir que possíveis acidentes e falhas aconteçam.

Trabalhar com o planejamento e com as estratégias de redução de risco fundamental. Assim, seu negócio pode se desenvolver no mercado, se destacar diante da concorrência e garantir seu sucesso!

O que está esperando para aplicar a manutenção preventiva em sua empresa? Gostou do post? Conta pra gente!