A dedetização é um trabalho essencial e que sempre será necessário para a saúde dos moradores e dos colaboradores de uma empresa.

Quando pensamos que nunca vamos precisar desse tipo de processo, ocorre uma infestação de insetos incontrolável.

Por essa razão, até mesmo alguns ramos industriais e ambientes diversos possuem a dedetização como serviço obrigatório.

No entanto, muitas pessoas ainda não têm conhecimento de como funciona, quanto tempo e quais são os produtos utilizados nesse serviço.

E se você pretende realizá-la dentro da sua casa, apartamento ou empresa, é importante saber de todas as etapas do processo, pois dessa forma, poderá se preparar e também organizar o ambiente da maneira mais adequada.

E pensando nisso, nós produzimos esse post para te mostrar todos os detalhes de como é feito uma dedetização, quais seus benefícios, produtos utilizados, e quais são os cuidados a se tomar durante todo procedimento.

Quer saber mais sobre isso? Então continue lendo!

O que é dedetização?

Basicamente, a dedetização se trata de um dos métodos mais eficientes e eficazes para acabar com pragas e insetos no geral por meio de produtos químicos e ferramentas específicas.

Afinal, as pragas podem trazer uma série de malefícios e danos aos moradores e também aos funcionários de uma empresa.

Algumas das doenças mais comuns causadas por insetos e animais são a febre amarela, leptospirose, dengue e outros tipos de intoxicações que podem causar o óbito de inúmeras pessoas.

Por essa razão, a dedetização possui como objetivo oferecer métodos para prevenir a saúde humana e a segurança da população nas áreas urbanizadas. 

Muitas das vezes, se o problema com insetos se agravar, não é nem recomendado frequentar o local infestado, até que o caso esteja totalmente resolvido.

Quais os benefícios da dedetização?

A dedetização possui uma gama de benefícios. Além dos que já citamos que ela previne a saúde e a segurança das pessoas que habitam as áreas urbanizadas, a dedetização também promove a higiene.

Imagine, por exemplo, uma estação de tratamento de água que está infestada de insetos causadores de problemas e doenças.

Além dos riscos que os profissionais que estão presentes no local possuem, ter insetos nesse tipo de ambiente também pode resultar em um produto final com má qualidade e, se a água da empresa for consumida, pode até mesmo gerar doenças aos consumidores!

Devido a isso, a dedetização evita que as pragas, de alguma forma, sejam maléficas para a saúde humana.

Essas pragas também podem ser consideradas baratas, morcegos, pulgas, escorpiões, ratos, pombos, entre outros animais perigosos para a saúde da população.

Como saber se preciso fazer a dedetização?

A dedetização não tem uma regra clara quanto o seu prazo de realização do processo. Afinal, isso irá depender de uma série de fatores, como a região, estrutura do ambiente, capacidade das pessoas que frequentam o estabelecimento, quantidade das comidas ingeridas, entre outros.

No entanto, a dedetização deve ser feita de forma periódica ou sempre que aparecer algum tipo de infestação que não pode ser controlada. 

Muitas empresas, casas e apartamentos reclamam do aparecimento de pestes e animais no verão, época do ano em que as temperaturas sobem. Devido a isso, a procura por dedetizadoras e a atenção dos moradores e donos de empresa precisa redobrar.

Também é importante, antes da contratação dos serviços especializados, saber se os alimentos consumidos no local estão contribuindo com o aparecimento dos insetos e animais.

Em alguns casos, apenas com a diminuição dos lixos e dos alimentos desperdiçados, é possível fazer com as infestações sejam amenizadas ou finalizadas!

Como é feita a dedetização?

Para a dedetização existe uma série de procedimentos perigosos, e que devem ser feitos por profissionais qualificados e que utilizem equipamento de proteção individual da forma mais adequada.

Abaixo, veja quais são os métodos mais utilizados pelas empresas especializadas no ramo para realizar o processo de dedetização:

Pulverização

Se trata de um equipamento específico que lança um veneno de fumaça. É um dos métodos mais utilizados para prevenir dengue e outras espécies de mosquitos.

Além disso, o tempo de retorno para o ambiente deve ser de no mínimo 4 horas até 24 horas.

Se você possui uma empresa que fornece grama sintética decorativa, por exemplo, é necessário parar todas as atividades e impedir que os funcionários entrem no local durante o dia.

Produtos em gel

Os produtos em gel, ou também chamados como gel inseticidas, tem como objetivo eliminar as pragas de maneira menos invasiva. É ideal para aplicar em ambientes com crianças ou pessoas com intolerância a alguns produtos mais específicos.

No entanto, é importante redobrar a atenção para que as crianças presentes e os animais de estimação não toquem ou ingiram o veneno.

Aplicação de pó químico

O pó químico ou polvilhamento se baseia na aplicação de um inseticida em forma de pó com químicas específicas para eliminar pragas e animais. Essa é uma opção mais segura, pois o pó não possui odor, e por isso, o nível tóxico também é diminuído.

No entanto, esse método também é mais eficiente em residências, e não em organizações. O polvilhamento pode ser aplicado em esgotos, dutos de água, entre outros locais que visam o aparecimento de insetos e animais.

Dedetização em empresas, como funciona?

Para as empresas, a dedetização deve ser feita com uma série de cuidados. Em primeiro lugar, é importante comunicar a todos os membros da organização sobre o processo de dedetização.

Peça também para que os mesmos não deixem plantas, alimentos ou materiais perecíveis no dia dos processos.

Além disso, é recomendado que a dedetização seja realizada em uma média de 3 em 3 meses. Dessa forma, você consegue manter o ambiente limpo e ainda evitar possíveis problemas com os órgãos responsáveis.

Faça a dedetização apenas com empresas legalizadas. Entre em contato e solicite nossa empresa dedetizadora para exterminar as pragas urbanas que lhe incomodam.

Agora que você já sabe sobre todos os detalhes do processo de dedetização, o que você acha de aplicá-la em sua empresa? Gostou do post? Conta pra gente! Nós queremos saber sobre sua opinião!